Mulher-menina

Posted by Graciliano Santos | Posted in

Sempre atrás da medida

Do quanto querer sem medida
Mas o tanto que quer
Nem sequer desconfia
Se completa em demasia
Toda noite e todo dia
No sorriso (ou na careta)
Dessas duas,
Mulher-menina

Comments (0)

Postar um comentário